top of page

Vila Sésamo amplia projeto Pequenas Aventureiras em parceria com escolas e Porto Feliz (SP) e Rio de

Iniciativa é protagonizada pelas personagens Bel, Lola e Abby e reflete sobre a equidade de gênero nas áreas STEAM



O programa Pequenas Aventureiras, da Vila Sésamo, está sendo utilizado como conteúdo educacional nas escolas do Rio de Janeiro (RJ) e de Porto Feliz (SP). Abordando de forma lúdica e divertida as curiosidades de crianças entre 3 e 6 anos, a série aborda a equidade de gênero nas cinco áreas da abordagem STEAM – artes, ciências, engenharia, matemática e tecnologia. Tem o objetivo de refletir sobre o lugar das mulheres nessas áreas de conhecimento e contribuir para que as meninas se sintam empoderadas desde pequenas para atuar em campos que são tradicionalmente ocupados por homens.


O projeto acontece por meio de duas frentes. Uma delas é a parceria com Secretarias Municipais de Educação nas cidades de Porto Feliz e Rio de Janeiro, na qual materiais educacionais protagonizados pelas queridas personagens da Vila Sésamo (Bel, Lola e Abby) são distribuídos gratuitamente para escolas e formações são oferecidas aos seus/as educadores/as para a construção coletiva de estratégias para que sejam utilizados de forma contextualizada com as crianças da Educação Infantil e com suas famílias.


Além do trabalho feito nas escolas e comunidades, o projeto também contempla uma coleção de recursos midiáticos, incluindo a segunda temporada da série, na qual a novidade foi a inclusão da personagem brasileira Bel como protagonista, ao lado de Abby e Lola. A nova leva de episódios também introduz a Arte como tema transversal, valorizando os desenhos como forma de registro e expressão das curiosidades, das hipóteses, das aventuras em busca de respostas e das descobertas. O projeto também contempla dois vídeos DIYs (Faça Você Mesmo), que convidam os telespectadores(as) a se transformarem em pequenos(as) aventureiros(as) ao recriar a maleta mágica e o diário que as protagonistas utilizam na série.


 

CONTINUE APÓS A PUBLICIDADE



 


Há mais de 5 décadas, a Vila Sésamo tem marcado a infância de milhões de pessoas em todo o mundo com seu programa de TV, que faz enorme sucesso desde sua estreia. Seus personagens carismáticos encantam gerações por meio de histórias divertidas, que na mesma medida educam e entretêm, além de contar com um uma boa dose de humor. O que quase ninguém sabe é que seu legado não visa o lucro e sua principal missão é ajudar crianças em idade pré-escolar a crescerem mais inteligentes, fortes e gentis.


Atualmente, veiculado pela TV Cultura, YouTube e outras plataformas midiáticas (redes sociais, games, aplicativos etc) os conteúdos da Vila Sésamo mantém seu prestígio como um dos mais significativos entretenimentos educacionais do país. Além disso, a organização promove iniciativas de impacto social que ocorrem em escolas públicas e centros comunitários.


Dividida em quatro episódios de seis minutos, a série Pequenas Aventureiras é uma produção da Sabiá Educacional, consultoria em educação e socioambientalismo, e conta com o patrocínio da FTD Educação e da Sotreq.


“Nosso objetivo é que meninas se sintam pertencentes e motivadas nas áreas de ciência, tecnologia, matemática, engenharia e arte. Queremos evidenciar que elas são totalmente capazes para desbravar o mundo e seus desafios, encontrando respostas para suas perguntas ao explorar o mundo ao redor e buscar dados em diferentes fontes. Por isso, a série é protagonizada por meninas que identificam e resolvem problemas e situações cotidianas por meio do pensamento científico. Além dos conteúdos visuais na TV e online, o projeto contempla ações em parceria com Secretarias de Educação para engajar educadores(as) e impactar crianças de todo o Brasil, contribuindo para melhorar a qualidade das experiências nas áreas de STEAM”, explica Julia Tomchinsky, Diretora de Educação e Impacto Social para o Brasil da Sesame Workshop.


A primeira temporada da série Pequenas Aventureiras foi lançada no Brasil, México e Colômbia. Além dos episódios disponíveis no canal do Youtube da Vila Sésamo e na TV Cultura, o conteúdo educacional da série foi posteriormente adaptado para cadernos de formação para educadores e caderno de atividades para as crianças de redes públicas de todo o Brasil.


“Desde a estreia da série, em 2017, pudemos ver o interesse que o projeto gerou entre as crianças de todo o Brasil. Por isso estamos animados com o lançamento da nova temporada e dar continuidade a série, que aborda um tema tão relevante como a equidade de gênero nas áreas de Ciências, Matemática, Engenharia”, afirma Daniel Montezano, diretor da Sabiá Educacional.


“Há mais de 120 anos a FTD Educação tem como missão transformar a sociedade por meio da Educação, conectando histórias e construindo futuros. Neste contexto, é importante apoiar projetos como o Pequenas Aventureiras, Monstros em Rede e outros, que trabalham com propostas socialmente responsáveis, de maneira lúdica e criativa, e que oferecem às crianças uma visão equilibrada da sociedade, mais inclusiva, múltipla e acolhedora, despertando a curiosidade e o interesse e abrindo uma janela de aprendizados e oportunidades para que professores e também as famílias participem desta interação, inspirando a descoberta e a troca de experiências”, diz Elizabeth Loureiro, Gerente de Negócios de RH/BP (Business Partner) da FTD Educação.


“É fundamental passar de geração em geração o valor do respeito ao próximo, e nada mais eficiente do que ensinar sobre isso de forma lúdica como a Vila Sésamo apresenta. Além disso, ter uma mulher brasileira como protagonista é muito gratificante e enriquecedor”, afirma Raquel Marques, Gerente de Responsabilidade Social da Sotreq.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page